5 razões para investir em equipamentos de segurança para a oficina
5-razoes-para-investir-em-equipamentos-de-seguranca-para-a-oficina.jpeg

5 razões para investir em equipamentos de segurança para a oficina

1 ano atrás 1

Compartilhe nas redes sociais.

Para melhorar e fazer crescer a sua empresa uma coisa que vai ter que fazer é adequar e equipar bem o seu pessoal e ambiente de trabalho. Além das ferramentas e máquinas certas, vai precisar também de equipamentos de segurança para oficina. Assim todos ficam mais seguros e você aumenta o nível de profissionalização.

Se ainda está um pouco na dúvida sobre este assunto, então fique atento, pois temos aqui uma lista de motivos que vão te ajudar a entender por que você deve se preocupar com a segurança na sua oficina. Confira!

5 razões para investir em equipamentos de segurança

1. Diminuir os riscos

Sem dúvidas, a primeira coisa que você tem que pensar quando o assunto for equipamentos de segurança é no seu pessoal. Mesmo que existam alguns funcionários um pouco mais relaxados e que de vez em quando “esquecem” de usar o EPI, é sua responsabilidade cuidar deles.

Em oficinas existem vários tipos de riscos de acidentes e muitos podem ser evitados pela utilização de equipamentos de segurança. Além de ser seu dever como empregador, zelar pelos funcionários é algo que você tem que fazer sempre.

Cuide para que todo o material necessário esteja disponível e em boas condições, evitando maiores problemas. Ninguém gosta quando um colaborador volta para casa com um talho na mão ou um roxo na braço.

A propósito, mais uma coisa importante antes de passarmos à próxima dica: você e qualquer cliente que esteja no ambiente onde há qualquer risco de acidentes também tem que usar estes equipamentos de segurança.

2. Aumentar a motivação da equipe

Além de pagar corretamente o salário do seu pessoal, é preciso buscar formas de manter todos satisfeitos por trabalharem na sua empresa. Uma forma de fazer isto é tratar bem seus funcionários. Mostre que você se preocupa com eles de verdade e não deixe faltar o equipamento de segurança na oficina.

Por mais que alguns deles possam não cobrar muito ou mesmo que nem gostem de usar este tipo de material, com certeza eles reparam se você está deixando faltar alguma coisa ou não.

Procure também sempre alertar sobre a importância de se usar estas proteções. Em alguns casos pode ser difícil, mas é preciso treinar todos para que realmente usem todo o EPI necessário desde o início até o fim do dia.

Vai ver que é uma questão de hábito e que, com o tempo, fica automático o uso. As pessoas se acostumam e depois de um tempo nem questionam mais. De toda forma, fique de olhos abertos, pois do mesmo jeito que a gente se habitua a usar, também pode ir relaxando e começar a deixar de lado.

3. Investir em segurança

Custo é aquilo que você gasta para manter o a empresa funcionando: energia, papel, material de limpeza e por aí vai. No caso dos equipamentos de segurança para oficinas, a coisa está mais para investimento. Isso porque o seu negócio não vai deixar de funcionar se você não tiver este material, mas o risco de prejuízos é bem grande.

EPI significa equipamento de proteção individual, sendo assim, nada de ficar dividindo os mesmos materiais entre todos. O “individual” quer dizer que cada um tem que ter o seu.

Não fornecer equipamento de proteção adequadamente para a sua equipe pode te gerar duas dores de cabeça: a primeira delas é que existe a fiscalização que vai conferir se tudo está dentro do exigido pela lei. A segunda é que você deve entregar o EPI para cada funcionário e pedir a ele que assine um documento confirmando que recebeu o material e também treinamento de como e quando utilizar cada item.

Se deixar passar qualquer uma destas preocupações, além de aumentar o risco de pessoas machucadas em menor ou maior grau, ainda fica exposto a ações trabalhistas, multas e indenizações.

4. Apresentar uma boa imagem da empresa

Pensando um pouco mais fora das questões legais e financeiras, temos ainda que avaliar a imagem que o seu negócio passa para os clientes.

Com certeza uma empresa que está bem cuidada e que se empenha em manter a segurança de todos que trabalham e transitam por ela é muito melhor do que uma mais desleixada e que não liga tanto para esses detalhes.

Imagine o seu consumidor pensando que se vocês não ligam tanto para cuidar da própria integridade física, qual seria o nível de preocupação que terão com o trabalho que entregam.

Querendo ou não, todos que entrarem pela sua porta notarão este detalhe. Por mais que não comentem diretamente com você, isso vai afetar positiva ou negativamente a sua imagem.

5. Garantir o funcionamento da oficina

Quando falamos em equipamentos de segurança para oficina, não estamos tratando necessariamente só do EPI, mas também de outros materiais. É importante pensar em tudo que envolve a segurança das pessoas e dos processos que você faz. Por isso é preciso cuidar da manutenção das suas instalações.

Veja se está tudo em ordem ou se é preciso resolver alguma coisa. Sua empresa precisa sempre estar em condições de realizar todos os serviços a que se dispõe para colher os melhores resultados.

Não adianta nada, por exemplo, você ter um bom maquinário para fazer o balanceamento de pneus e não poder usar porque o protetor que cobre o pneu está danificado ou ainda porque seu sistema de fiação está dando curto circuito. Cuide da sua oficina e do seu pessoal para que eles possam dar resultados sempre.

Os principais equipamentos de segurança para oficina

Para finalizar, fizemos uma pequena lista de itens de segurança que você não pode deixar de ter em sua oficina.

Começando de cima para baixo, a primeira coisa são os óculos de segurança. São essenciais para a proteção dos olhos contra qualquer tipo de respingo, peça que se solta, fumaça e outros produtos que podem circular no ar.

Protetores auriculares são importantes para quem trabalha com ruídos altos e frequentes. Existem desde os mais simples até os de maior grau de isolamento acústico. Tudo depende do trabalho desenvolvido.

Luvas, normalmente de lona ou de PVC, são parte do EPI de quase todo tipo de atividade e no nosso caso também não poderiam ficar de fora assim como aventais e macacões de tecidos mais resistentes e próprios para oficinas.

Chegando aos pés, botas de segurança. Extremamente importantes em qualquer ambiente que se tenha peças espalhadas, equipamentos pesados e muita movimentação de partes metálicas.

Além destes materiais é bom considerar também que, dependendo dos serviços que sua oficina ofereça, poderá precisar de máscaras de solda, máscaras semifaciais e macacões especiais para serviços de pintura.

Esperamos que tenha gostado das dicas e que tenha entendido como é importante oferecer equipamentos de segurança para oficina a todos os seus colaboradores. Se quiser saber mais sobre como gerenciar o seu negócio e ter acesso a mais sugestões para o seu dia a dia, curta nossa página no Facebook. Sempre tem algo interessante por lá!