Elevador automotivo: 7 dicas de utilização e segurança
elevador-automotivo-7-dicas-de-utilizacao-e-seguranca.jpeg

Elevador automotivo: 7 dicas de utilização e segurança

2 meses atrás 0

Compartilhe nas redes sociais.

Ter uma oficina mecânica, atualmente, está cada vez mais competitivo. Com muitas outras oficinas atuando no mesmo nicho, muitas vezes a saída é investir em ferramentas que aumentem a produtividade do mecânico, como o elevador automotivo.

Neste post, apresentamos a você uma série de dicas para utilizar um elevador automotivo em sua oficina e também indicamos alguns cuidados com a segurança. Vamos lá?

Existe uma série de procedimentos que você deve seguir ao utilizar o elevador automotivo. Além de garantir segurança, isso vai facilitar o uso do equipamento no dia a dia:

1. Posicione o veículo no centro do elevador

Ao posicionar o veículo diretamente no centro do elevador, você vai garantir que o peso esteja corretamente distribuído. 

Isso evita qualquer perigo, como deslizamento lateral do carro ou danificação de partes do elevador, por causa do esforço extra para levantar pesos desiguais.

2. Retire peso do porta-malas ou da carroceria

Evite elevar o carro com bagagem ou carga na caçamba, pois isso pode forçar o elevador e também desestabilizar o equipamento.

Claro que o mecânico nunca deve mexer nos pertences do cliente, por isso, antes de o carro ser deixado na oficina, certifique-se de que nada foi esquecido no bagageiro.

3. Verifique os pontos de apoio

É muito importante verificar as marcações do fabricante do veículo para o local mais indicado de encaixe nas sapatas de sustentação.

O mesmo acontece com o macaco hidráulico, mas, no caso do elevador, essas marcações são ainda mais importantes, já que o carro será completamente suspenso.

4. Faça uma elevação de teste

Antes de elevar completamente o veículo, comece sempre puxando a alavanca rapidamente, apenas para que o carro saia brevemente do chão. 

Confira se está tudo certo antes de erguê-lo totalmente. Isso garante que nada dê errado ou fique enroscado entre o carro e o elevador durante o processo.

5. Nunca suba nos braços do elevador

Após erguido o veículo, nunca suba nos braços do elevador. Isso, além de perigoso para o profissional, que pode escorregar, cair ou se machucar em alguma situação de descuido, também prejudica a distribuição do peso do veículo e causa vibrações desnecessárias na ferramenta.

6. Não lave veículos no elevador

Nunca lave ou molhe veículos suspensos no elevador, pois a água pode danificar os componentes eletrônicos ou ocasionar oxidações.

Elevadores automotivos para lavagem de veículos precisam ser produzidos especificamente para este fim, com uma preparação própria da pintura como forma de evitar oxidação das partes metálicas e blindagem especial para evitar o contato da água com as partes internas do elevador (fuso e óleo) e com as partes elétricas.

7. Mantenha o elevador automotivo lubrificado

A lubrificação do elevador automotivo é extremamente importante para a segurança e deve ser feita seguindo as recomendações do fabricante. Dependendo do modelo, ela pode ser feita por meio de graxa, lubrificação manual a óleo ou automática a óleo.

No caso do óleo manual e da graxa, a tarefa de lubrificação deve ser realizada a cada 15 ou 30 dias, dependerá do uso do equipamento e ambiente em que se encontra.

Já no caso da lubrificação automática óleo, a troca do lubrificante deve ser realizada somente a cada 2 anos, fazendo com que o ganho de produtividade dentro da oficina aumente uma vez que esta operação não necessita ser realizada com frequência.

Gostou das dicas de utilização do elevador automotivo? Então entre em contato conosco para conhecer nossos produtos e pedir um orçamento!