Pintura Automotiva: 8 cuidados a serem tomados
depositphotos_115960136_m2015.jpg.jpeg

Pintura Automotiva: 8 cuidados a serem tomados

2 anos atrás 1

Compartilhe nas redes sociais.

Todo mundo sabe que o povo brasileiro é apaixonado por carros. Por conta disso, qualquer imperfeição ou detalhe fora do comum no veículo já é percebido pelo dono. Isso inclui também a pintura automotiva, que requer alguns cuidados especiais.

Infelizmente, danificar a pintura não é tão difícil assim. Pelo contrário, se você não ficar atento, pode acabar tendo dores de cabeça depois. Afinal, todos preferem uma pintura original e bem conservada do que um veículo cheio de reparos na tinta, não é mesmo?

Para ajudar, separamos uma série de oito cuidados que você deve tomar com a pintura automotiva. Confira a partir de agora!

1. Lavagem

Lave o carro sempre na sombra, pois a lataria deve estar fria. Além disso, use sempre sabão neutro ou produtos específicos para limpeza automotiva. Se possível, fuja de qualquer lava-rápido que utilize máquinas com escovas, pois elas podem arranhar a pintura.

2. Polimento

Diferentemente do que muita gente acha, o polimento deve ser utilizado com cautela (somente nos casos mais graves). Isso porque, durante o processo, retira-se uma pequena camada da pintura com o objetivo de devolver o brilho e a aparência original do automóvel.

3. Cera

Ao contrário do polimento, a cera pode ser utilizada com mais frequência, já que ela produz uma camada extra que protege o carro das ações externas. Além disso, ao encerar o veículo você preenche irregularidades da superfície e recupera o brilho original. Uma boa alternativa são as ceras com polímeros sintéticos, que aumentam ainda mais a vida útil da pintura.

4. Luz do sol

Deixar o veículo exposto à luz do sol por longos períodos também pode provocar manchas devido ao próprio calor e à incidência de raios ultravioletas. Sempre que possível, prefira locais cobertos.

5. Pássaros

Você sabia que as fezes de pássaros são corrosivas e podem danificar a pintura dos carros? Portanto, veja bem onde você vai estacionar. Caso você seja “premiado” com uma situação dessas, lave imediatamente com água e xampu.

6. Gasolina

Às vezes, ao abastecer, o frentista pode se descuidar e deixar escorrer gasolina na lataria do carro. Se isso acontecer, limpe o mais rápido possível, caso contrário, você terá uma mancha quase impossível de retirar. Por isso, fique sempre de olho!

7. Seiva de plantas

É natural querer estacionar o carro nas sombras das árvores, mas o que muita gente não sabe é que a seiva produzida por algumas plantas também prejudica a pintura. Então, sempre que possível, opte por locais cobertos.

8. Chuva

Quando a água da chuva seca na pintura, podem aparecer algumas manchas. Nesse caso, o ideal é lavá-las o quanto antes. Lembrando que, se você estiver usando cera regularmente, o carro estará mais protegido. Afinal, as manchas da chuva não chegarão à camada de verniz da pintura, somente na camada protetora.

Preservar a pintura automotiva dá trabalho, não é mesmo? No entanto, existe uma dica que resume todas as outras: prevenção. É sempre melhor cuidar do que está em boas condições atualmente do que ter que remediar depois! Então, não se esqueça do conteúdo que passamos aqui, assim você terá mais tranquilidade ao lidar com qualquer veículo!

Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário. Sua opinião é sempre bem-vinda!