Tire todas as suas dúvidas sobre alicate

Tire todas as suas dúvidas sobre alicate

2 anos atrás 0

Compartilhe nas redes sociais.

Um dos principais instrumentos para qualquer mecânico é o alicate. Afinal, ele é uma das poucas ferramentas que auxiliam no esforço de apertar, torcer e até cortar materiais. Não é à toa que o seu significado está relacionado a algo que apresente resistência: a origem da palavra alicate está no vocabulário árabe e significa “tenaz”.

Seu funcionamento se dá através da força da mão, que, aplicada aos cabos longos da ferramenta, transfere o torque à sua cabeça, mais curta, num princípio similar ao de uma alavanca. O resultado é a função de uma pinça extremamente forte e resistente.

Neste post, falaremos um pouco mais sobre essa ferramenta, para que você possa conhecer os diversos tipos existentes, bem como os cuidados que devem ser tomados com o equipamento. Continue lendo!

Tipos de alicate

Existem vários tipos de alicate no mercado. A variedade de modelos tem como objetivo se adaptar a diversas tarefas específicas, sendo muitos deles essenciais para que o mecânico consiga realizar o seu trabalho.

Os tipos mais comuns de alicate são:

  • Universal: É a ferramenta de uso cotidiano. Serve para auxiliar nas atividades mais simples do dia a dia.
  • De corte: É o alicate que possui uma grande potência para cortar os materiais. Ele se parece muito com um alicate de unha, só que bem mais reforçado.
  • De bico: possui a mesma função do alicate universal, porém é mais utilizado em trabalhos que exigem precisão e firmeza.
  • Bomba d’água: Essa ferramenta possui várias possibilidades de regulagem de tamanho. Por isso, é ideal para realizar reparos hidráulicos.
  • De pressão: Esse alicate possui um sistema de alavancas eficiente que multiplica a força, fornecendo capacidade de manter objetos travados por um bom tempo.

Cuidados necessários com o alicate

Assim como qualquer ferramenta, o alicate merece ser tratado com muito cuidado, pois desse modo será possível conservá-lo por mais tempo.

Separamos dez recomendações sobre os principais cuidados que devem ser tomados ao lidar com o alicate. Veja:

  1. Não utilize para bater em pregos ou arrancá-los, muito menos para soltar parafusos.
  2. Evite segurar peças próximas à região que for soldada, pois o aquecimento pode danificar o alicate.
  3. Faça manutenções em sua superfície regularmente, aplicando uma camada fina de óleo lubrificante em suas partes metálicas.
  4. Guarde-o em locais que estejam secos, limpos e também longe de objetos cortantes.
  5. Evite derrubar o alicate. Dependendo da altura, a queda pode danificá-lo seriamente.
  6. Não utilize o alicate para apertar porcas e parafusos, pois isso pode danificar suas arestas.
  7. Utilize óculos de segurança para proteger os olhos quando estiver manuseando a ferramenta, pois acidentes podem acontecer.
  8. Não exponha o alicate ao calor excessivo, pois isso poderá reduzir o desempenho da ferramenta pouco a pouco.
  9. Jamais utilize o alicate para outro fim que não seja aquele para o qual ele foi projetado.
  10. Não aumente o comprimento dos cabos do alicate. Isso amplificará a força que será exercida sobre a sua cabeça, o que pode danificá-la.

Tem mais alguma sugestão de cuidados que devemos ter com o alicate? Conte nos comentários!