Vai comprar um elevador automotivo? Saiba como treinar sua equipe

Vai comprar um elevador automotivo? Saiba como treinar sua equipe

4 anos atrás 0

Compartilhe nas redes sociais.

Um elevador automotivo é um grande diferencial para uma oficina dentro do disputado mercado atual. São muitas as vantagens trazidas pelo investimento nesse tipo de tecnologia e, para aproveitar os seus benefícios, é importante ter uma equipe bem capacitada e instruída.

Se você investiu em um elevador e espera obter bons resultados para sua empresa, agora é hora de focar nos seus funcionários. Afinal, eles necessitarão de treinamento para operar o novo equipamento da maneira correta — o que não se limita a apenas apertar botões.

Pensando nisso, fizemos uma lista com 5 dicas de como você pode treinar sua equipe e elevar o nível dos colaboradores para que eles possam tirar o melhor proveito possível da nova aquisição da sua oficina. Continue lendo e confira!

1. Aprenda a usar o elevador automotivo

Antes de proceder à utilização do elevador, é fundamental ter uma boa noção de tudo o que o equipamento pode fazer, quais são as suas limitações de uso e as medidas de segurança. Dados técnicos, apesar de parecerem complicados, têm as suas funções e não estão lá por acaso.

Por isso, leia atentamente cada parte do manual e busque entender como a máquina opera antes de começar a utilizá-la. Por mais simples que o equipamento pareça, nunca é recomendado presumir como é o seu funcionamento.

O melhor é ter domínio sobre o funcionamento da máquina para evitar acidentes ou danos materiais. Isso você consegue a partir da leitura do manual. Estude-o com atenção, pois durante o treinamento você deve estar apto a tirar as dúvidas dos funcionários.

Por isso, é preciso conhecer bem o elevador e conscientizar os mecânicos sobre a importância de seguir os procedimentos que você descreverá. Além disso, mais do que conhecer o equipamento, é preciso também conhecer o local no qual ele será instalado, de modo o que ele seja posicionado em um local seguro e de fácil acesso e manuseio.

Se deseja saber um pouco mais sobre a importância do manual de instruções na hora da utilização de um equipamento, confira nosso artigo sobre o tema.

2. Desenvolva treinamentos inovadores

Se a utilização do elevador fosse apenas uma questão de saber como ele funciona, os mecânicos poderiam aprender tudo apenas lendo o manual. É claro que essa leitura é importante, mas o treinamento engloba mais do que apenas a parte técnica.

O treinamento deve ser tido como uma fase estratégica para reforçar as atividades da empresa. Esse pode ser o momento ideal para que você mostre aos mecânicos como a tecnologia pode ser uma grande aliada na hora de prestar serviços, reforçando a necessidade de atualizar-se e aperfeiçoar-se constantemente.

Mostre a cada um dos funcionários como a aquisição da máquina pode facilitar o trabalho da equipe e reforce o quanto é importante que todos aprendam a utilizá-la de maneira eficiente e segura.

Para isso, utilize recursos mais atuais e inovadores para treinar toda a equipe. Além de mostrar na prática como tudo funciona, recursos como vídeos ilustrativos e softwares 3D podem ser de grande valia para tornar o processo mais dinâmico e interessante para os mecânicos — utilizar esses métodos também facilita a compreensão.

3. Conheça os pontos fracos da equipe

É importante que você conheça o time que tem à disposição. Se há novatos ou funcionários com menos conhecimento técnico, instrua os mais experientes da melhor forma possível para que estes possam supervisionar o trabalho daqueles até que eles estejam plenamente capacitados.

Além disso, é essencial saber o nível de familiaridade de cada funcionário com itens tecnológicos. Profissionais mais habituados a lidar com aparelhos sofisticados têm maior facilidade para aprender a operar novos equipamentos, como é o caso do elevador automotivo.

Sabendo disso, você pode treinar esses funcionários primeiro e, com a ajuda deles, capacitar o restante da equipe. Isso, além de te poupar tempo, ajuda a garantir a segurança do processo e ainda tornará mais próxima a relação entre os mecânicos.

Isso faz com que o trabalho em equipe seja incentivado e eleva o nível profissional de cada colaborador, trazendo bons resultados para a empresa.

4. Seja claro e objetivo em tudo o que fala

Por maior que seja seu conhecimento técnico sobre um equipamento, seu treinamento pode ser comprometido se você não conseguir passar as informações necessárias de forma compreensível.

Busque ser o mais objetivo possível. Evite usar termos muito técnicos e que podem gerar dúvida para os funcionários. Lembre-se de que, muitas vezes, mecânicos costumam ser resistentes quando o assunto é mudar a sua forma de trabalhar — principalmente porque eles acham que já sabem como fazer o trabalho.

Portanto, seja amigável e entenda a relação entre o funcionário e o novo equipamento para que ele se sinta confortável ao utilizá-lo. Trabalhe com uma abordagem mais próxima e colaborativa, ressaltando os benefícios que a utilização do novo equipamento agrega para a rotina da oficina.

5. Destaque os benefícios do elevador automotivo para o trabalho

Como dito, ressaltar os benefícios do elevador automotivo é muito importante para facilitar o processo de adaptação. Isso certamente fará com que os mecânicos se sintam mais motivados a aprender sobre o equipamento e a utilizá-lo o quanto antes.

É possível explorar, por exemplo, questões relacionadas à melhora nas condições de trabalho — visto que não será mais preciso utilizar macacos hidráulicos para erguer os veículos, nem sofrer com a dificuldade de trabalhar sob um carro, com pouco espaço e desconforto.

Além disso, o treinamento fará com que o funcionário esteja apto a utilizar uma nova ferramenta e isso significa crescimento profissional para ele — o que também é mais um grande benefício.

Por fim, como vimos, comprar elevador automotivo pode trazer muitas vantagens para a sua oficina. Então, se você está pensando em fazer essa aquisição, saiba que é fundamental capacitar os seus funcionários para que eles possam operar o dispositivo com sabedoria e segurança.

Se você não sabia como fazer isso, agora está tudo resolvido. Siga as dicas que apresentamos neste artigo e, certamente, o processo de aprendizagem dos seus colaboradores será muito mais prático e ágil.

Gostou do post? Quer estar sempre informado sobre vários outros assuntos relacionados à rotina de uma oficina mecânica? Assine a nossa newsletter e receba os melhores conteúdos direto no seu e-mail!